To em NY de novo!

Ola!
 
Vamos ver o que aconteceu desde a ultima vez que postei aqui, escrevendo em ordem cronologica, como sempre… [perfeccionismo!]
 
Continuo indo as aulas… sinceramente? Nada desafiador… nao estou me gabando, nao falo ingles fluentemente, devo ter um baita de um sotaque, acho que preciso melhorar minha gramatica e tal, mas nao sinto que estou apredendo muito… Se bem que o objetivo do curso tambem nao eh ensinar, mas te treinar para fazer o teste do TOEFL… e na real? Se o teste do TOEFL eh aquilo que faco toda aula, nao eh dificil. O grande problema eh que eh tudo cronometrado, entao ser bom no ingles, mas lerdo, nao te faz passar. E nas aulas de gramatica aprendi umas expressoes em ingles que acho que nunca vou usar… ahahah…
Falando da lingua ainda, tem varias palavras e expressoes que se eu nao aprendesse aqui na raca, no dia-a-dia, acho que nunca aprenderia num curso de ingles da vida… e isso que eh legal!
 
Prosseguindo.
No final de semana seguinte eu fui fazer compras com a Bruna. Ela descobriu um centro comercial em Aurora, uma cidade do lado de Denver, que eh o maximo! Tem um shopping gigantesco de um lado da rua e um monte de outras lojas do outro lado. Foi bacana, mas este eh lugar que se deve frequentar o menos possivel, senao o dinheiro desce pelo ralo… ahahaha… Nunca fui muito ligada em marca no Brasil, mas aqui eh tudo tao barato que vc se pergunta "por que nao?" e compra. Bolsa Levi’s por $10. E olha que reparei que Levi’s aqui eh meio coisa de pobre… ahaha…
Enfim, a Bruna foi dormir na minha casa, haviamos feito altos planos para domingo e o que acontece? Ela acorda com uma infeccao na garganta, que pegou do menino dela.
Para nao ficar de molho total no domingo, fui para casa da Heidi e passamos a tarde/noite toda assistindo DVD. Assistimos Eu sou a lenda, com o Will Smith. Foi o primeiro filme rodado em NY que assisti depois que passei aquele um mes na cidade e sabe de uma coisa? Era tao bacana ver aquelas cenas e saber extamente onde era tudo, pq eu fui em quase tudo! Alias, no filme ele mora no mesmo lugar que fiquei, no Washington Square. Eu sei que isso eh bobo…
 
E falando da Heidi, ela ta voltando pra Africa do Sul!
Ela estava tendo problemas com a hostfamily, estava com saudades da familia, ai resolveu que era hora de ir embora! Mais uma amiga indo embora… ja eh a terceira! Sera que atraio ma sorte para essas meninas? [Vcs se lembram que uma amiga mexicana e uma panamenha se mudaram de Denver, ne?]
Ela me disse que tem uma brasileira vindo no lugar dela.
 
Voltando a Bruna. Ela ficou doente de verdade. E eu morrendo de medo de ter pego a infeccao dela [quem quer gastar dinheiro com medico aqui?]. E a Heidi [host] morrendo de medo que eu tivesse ficado doente [quem quer uma au pair doente em casa?]. No final, nao peguei infeccao na garganta nenhuma, mas adivinha? Tive uma intoxicacao alimentar. Nem me lembro da ultima vez que me deu uma dessa. Passei uma madrugada maravilhosa, vcs imaginam. No dia seguinte, a Heidi me deu o dia off, pq eu nao tinha conseguido dormir de tanto  passar mal de madrugada. Fiquei o dia todo na cama, tomando suco e Gatorade para nao ficar desidratada. O engracado eh que nesse dia, ela ficou trabalhando em casa, eu subi as 8h da manha para falar que nao estava bem e voltei pra cama. So subi de novo la pelas 13h e a Heidi me disse que tava com medo, se perguntando se eu tava viva, pq eu fiquei muito tempo na cama… ahaha… me zuou, hein!
 
Passado o sufoco, no dia seguinte viemos para NY! Yay!
E que frio eh esse nessa cidade?!
 
No final de semana, a temperatura oscilou entre -4 e 2 graus Celsius! Nunca passei tanto frio na minha vida. Juro.
No sabado, fui no Empire State. Fato engracado: estavamos na fila para comprar o ticket e o guardinha pergunta se somos brasileiras [estava com a Talita, que mora em Connecticut]. Normal, se nao fosse pelo fato de nao termos nada que nos identificasse como tal e a Talita so disse meia duzia de palavras pra ele. A gente perguntou como ele sabia. Resposta: "Because you are beautiful!"… ahahaha… conta outra, aposto que reconheceu o sotaque! Um guardinha de Empire State deve ser capaz de identificar todos os sotaques do mundo!
E o frio, o vento do alto do 86 andar? Mas vi Manhattan inteirinha…
Ah, para quem nao sabe, o Empire State eh o predio do King Kong.
Rodamos NY… fomos naquela loja de brinquedos famosona, FAO Schwartz. Nao achei nada demais.
A noite, la vamos nos patinar no gelo no rink do Rockefeller Center e um novo recorde: 1h30 de patinacao e 11 tombos. Cai de todas as maneiras possiveis, coisa linda! Fiquei dolorida por dois dias [afinal, o ultimo tombo foi o mais lindo: de pernas abertas!].
 
Dia seguinte, Estatua da Liberdade. Mas eu ja fui antes, ne? Eh, mas queria ir de novo!
Nao eh permitido subir na estatua, mas pode entrar na base dela, onde tem o museu e uma vista bem melhor da propria. Mas tem que fazer reserva pra isso e eu nao sabia da ultima vez que fui. Entao, dessa vez, reservei e entrei! Cara, muito legal… mas tirei tanta foto daquela estatua, de tantos angulos diferentes que me deu overdose… Estatua so em filme agora e olhe la.
 
E depois de tanto tempo em NY, a cidade nao eh mais novidade pra mim. Tudo bem que ainda me perco bonito no metro, mas merece um trofeu quem saiba pegar metro aqui sem usar mapa! Ok ok, nao vamos ser esnobes. NY eh tudo de bom! =)
 
Fatos interessantes [ou nao]:
– Sabe aquele historinha de que quando vc ler PUSH nao eh pra puxar, eh pra empurrar? Ate hoje, 4 meses depois, eu ainda paro pra pensar td vez que me deparo com a bendita palavra!
– Ta tudo me dando choque aqui! Denver ja eh seca por natureza, no inverno, fica mais seca ainda. Segundo minha host, isto gera energia estatica e isso explic ao choques que eu levo quando pego na macaneta, abro a porta do carro, encosto no Sammy… so que aqui em NY eu tb to levando choque so de encostar nas coisas. E eu nao lembro de isso acontecer com tanta frequencia no Brasil.
– Devo atrair brasileiros. Aqui em NY eh normal achar brasileiro, mas em Denver nem tanto. Mas eu to achando! Tava na Target com a host e o Sammy, esperando para tomar minha vacina contra gripe [a Heidi quis que eu tomasse!] e uma mulher puxa papo comigo, e nao eh que ela era brasileira? A gente comecou a conversar em portugues e a Heidi fazendo cara de paisagem…
– Eu quero um I-Pod touch!!! Nao sou ligada nessas coisas, mas esse I-Pod faz tudo, so pode ser do mal essa coisa, pq eh muito legal! Fiquei mais de 1h na loja da Apple hoje fucando essa coisinha [aqui nos EUA, nas lojas da Apple a gente pode entrar e ficar fucando tudo]. Nao volto pro Brasil sem um dessed… vcs nao tem nocao de como eh legal!
 
Ah, os americanos…
– Refrigerante. Ja falei disso. Aqui em casa eles so compram Coca e Sprite diet. E eu tomo. Mas ontem me dei conta de que isso nao tem sabor nenhum! Na real, nem os "nao-diet" tem sabor… parece tudo tao aguado aqui. Fora que achar Fanta laranja aqui eh complicado. E refrigerante eh muuuuuuuito barato por aqui.
– Aqui eh a terra do peanutbutter [manteiga de amendoim]. Ow povo que curte um peanutbutter! E sabe o que crianca comi aqui? Peanutbutter jelly sandwich, o sanduba de manteiga de amendoim e geleia… me desculpe quem gosta, mas que coisinha nojenta! E mesmo amando isso, o que tem de gente aqui alergico a amendoim eh inacreditavel!
– Palavras magicas: Thank you, please e sorry. Todo mundo sabe que educacao faz bem, mas aqui eh neurose. A impressao que tenho eh que a crianca pode enfiar a cabeda do irmao na privada, desde que diga "I’m sorry" depois. A crianca pode fazer birra pra conseguir as coisas, mas so consegue se acrescentar um "please" e um "thank you" depois.
– O povo aqui se cumprimenta apertando as maos. Beijinho no rosto, so se for amiga intima e olhe la.
– A agua de NY tem gosto ruim!
 
Wow… escrevi bastante hoje!
 
 
 
 
 
 
 
Anúncios

3 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Nero
    nov 29, 2008 @ 10:26:22

    Bom nem preciso dizer que eu gosto muito quando vc escreve essas suas prezepadas norte-americanas né? Fico feliz em saber que vc tá legal, tá comprando coisas e comendo coisas ehehehMelhor ainda são essas suas curiosidades do mundo Tio Sam, gosto mesmo! Olha se cuida e me diz de novo: eu tenho seu adress em NY? Agora que tá chegando as férias preciso te escrever né?Te vejo por aí. (ops acho que dessa vez não)B J

    Responder

  2. Lígia
    dez 01, 2008 @ 12:22:00

    Aaah, ainda não sou au pair, vou dia 4 de janeiro.Fui pra NYC no começo do ano, mas pra estudar. aliás, fiquei pertinho da washington Square, na rua 13 (pra mim, é o melhor lugar de NYC).Hahahaha, acho que TODO mundo que fala português pode ser a pessoa mais fera no inglês que ainda tenta puxar a porta quando lê PUSH! hahahahaE meu, uma vez eu entrei numa loja de souvenirs perto da Times Square, e não falei nada, nem abri a boca, não tinha nada do Brasil comigo e o cara perguntou "você é brasileira??" Eu disse "sou, como vc sabe?", e ele "porque bonita assim só podia ser brasileira"… Hahaha deve ser uma cantada comum e, tem tanto brasileiro lá, que as vezes ele acerta… Apesar de que eu saí com um cara quando estava lá e ele falou, meio brincando, que devia ser por causa da bunda… huahauhuaAnyway, aproveite sua estada em NYC!!! Não vejo a hooooooooora de pisar de novo nesse lugar!!!Bjinhos(ah, te linkei no meu blog)

    Responder

  3. Lígia
    dez 01, 2008 @ 12:23:18

    ah, eu sempre levava choque em NYC, e achava que era por causa da fiação do prédio ou algo assim…Mas depois, lendo as comunidades de Au pair, vi que todo mundo vive levando choque aí! hahahaha

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: